sábado, 22 de janeiro de 2011

(desabafo) Estou cansada de (quase ) tudo...


 Estou cansada! cansada de ter que as vezes ser o que não sou para agradar as pessoas.
Cansada de sorrir quando sinto uma enorme vontade de chorar, chorar até extravasar ou secar minhas lágrimas, que luto para que não inundam o meu rosto por achar que não se vale a pena.
Cansada de fingir sentir o que não sinto e tantas vezes fingi apenas para agradar aqueles que, nunca se importaram em saber se estavam me agradando.
Cansada de dizer palavras sinceras tão sinceras que mesmo assim foram duvidadas não acreditadas ou simplesmente jogadas no lixo ou debochadas, acima dessa sinceridade fora massacradas por certos convencimentos, esnobismo e mania de grandeza.
Cansada! de ouvir e nunca ser ouvida com a mesma atenção, com a mesma paciência, na maior boa vontade que eu, quantas vezes sem que pudessem ver a tristeza que se estampava em meus olhos por achar que devia ter feito mais ou quando achava que havia fracassado em ajudar quem tanto precisava da minha ajuda. para depois ganhar um beijo, o beijo da traição da falsidade, da mediocridade, o beijo que arde e machuca.
Cansada por ter que entender todos em quanto na primeira oportunidade esse mesmo todo lança uma faca em minha costas,chegando a perfurar o meu coração sem se importar com a profundidade do buraco e sorrir depois do estrago semdor na consciência se agiu certo ou errado não importa deixam a faca cravada lá para mutilar aos poucos.
Cansada! de viver brincando fazendo brotar sorrisos dos lábios das pessoas ou arrancando boas gargalhadas e ser tachada de engraçada, sempre com as mãos no coração das pessoas amenizando a suas dores, fazendo-as esquecer por um momento com esse meu jeito louco de ser os seus desespero, suas solidão, depressão e fracassos ou mesmo as dores do amor a dor da rejeição ou a dor da doença, para depois virem com palavras ásperas, duras, amargas, frias .
Cansada! de pessoas que não me conhecem não convivem comigo, nunca me viram, dizer que fiz ou disse isso ou aquilo e na hora da satisfação a pessoa simplesmente coloca uma cara de anjo e tira o corpo fora para não se afogar em suas próprias acusações sem ter como se defender esquece da educação ou fingi esquecer sem nem um pedido de desculpas de ambas as partes a que disse a que acreditou, simplesmente somem e se calam assustadoramente em uma atitude covarde.
Cansada de perdoar setenta vezes sete, a cada chapada que me davam, e a cada perdão na próxima levar um murro na boca do estomago onde o dia inteiro arrasada a me perguntar
o por que desse soco...
Cansada! de acharem que sou metida, que o meu jeito de ser é forçado mesmo depois de meses virem que não mudei nem uma virgula, não gosto do meu andar, do meu modo
de falar odeio a minha voz, detesto a cor dos meus olhos e o meu olhar e mais ainda odeio o jeito de gesticular com as mãos e odeio quando pego para conversar sério e ser tachada de inteligente esses complementos odiosos me deram muitos traumas, e afastamentos
de amigas que eu adorava e que pensava que sentiam o mesmo por mim.
Estou cansada, cansada, cansada....
Não tenho paciência para os que mais amo, dou por mim a ter atitudes inexplicáveis, a odiar tudo e todos, a ter vontade de me meter num buraco e gritar bem alto...porquê!????? 
A muito não choro, não quero chorar, mas o dia que meu corpo repousar para todo o sempre, deixarei que minha alma chore e derrame todas as lágrimas que segurei.
Estou cansada...
:(

26 comentários:

Hélia disse...

Sabes á alturas em que me sinto como tu, mas depois tento dar a volta por cima o que nem sempre é fácil, mas tens razão o porquê, é sempre difícil de sabermos, ou então não!!

bjs e melhoras

Le bonneur de la cuisine disse...

Ola talvez nao me conheca, sou sua seguidora assidua, embora nao tenha por habito comentar.
Mas hoje nao pude deixar de o fazer, em primeiro quero lhe dizer que a vida é traicoeira e como eu me revejo no seu desabafo...teve a coragem de dizer tudo aquilo que ainda nao fui capaz...contudo quero lhe deixar uma pontinha de esperança porque isso sim, nunca devemos perder e é isso k tento todos os dias...tenha esperança e um dia bem mais perto doque imagina voce conseguira dizer a essas pessoas que agora a machucam que chega de pensar nelas e ira comecar a pensar em voce.
Deixo-lhe um beijinho enorme e muita força e coragem.

Bruxa disse...

Oi, hoje entrei no seu blog e vi este post, que me lembrou um momento da minha vida.

Fiz um post chamado "Revendo lições da vida" a respeito disso, talvez você goste de ler.

Se quiser, dá uma passada lá, o link da postagem é esse:
http://osegredodasbruxas.blogspot.com/2011/01/revendo-licoes-da-vida.html

Beijinhos na alma.

Luciana Machado disse...

faço minhas as tuas palavras. é assim que me sinto ja ha mt tempo....
é triste e tb tou cansada.....
oh miga, bem vinda ao clube!!!!
sei mm como te sentes acredita...como sei.
um beijinho grande
lu

kika disse...

Então???? grita e grita e chora... ajuda bastante, eu quando me sinto em baixo grito... vou fazer uma caminhada e quando chego estou outra. Grita!! bjks grandes

paula MARIANA disse...

Lamento este teu desabafo, calculo que estejas numa fácil dificil Carla, o meu conselho...não dramatizes e nem vivas tanto as coisas, não compliques mais o que já é complicado.
Levanta-te de manhã a dizer HOJE VOU SER FELIZporque quero e não para os outros, VOU PENSAR MAIS EM MIM e não nos que os outros pensam ou dizem, HOJE VOU DAR O MEU MAIOR SORRISO porque me apetece, vou sorrir para mim, vou ser feliz por mim, amar-me e ...DE CABEÇA ERGUIDA anda como se de um cisne te tratasses, e sê feliz...por ti pela tua sanidade mental e física SÊ FELIZ!!!!!

BEIJINHOS!!

Carla disse...

Parece que temos muito em comum:(

Suzana Miranda disse...

Oi amiga olha estive a ler o te desabafo e parece que estava a ler os meus pensamentos entendo muito bem amiga e olha bola para frente é o que eu digo mas não é facil
xinhos
suzana miranda
bazardosmiminhos

Belocas disse...

Por vezes a vida tem bocadinhos dificeis... mas não devemos deixar que essas dificuldades destruam a alegria de viver, de ver crescer as filhotas, de as ver sorrir,..., por vezes é necessário procurar ajuda nos sitios certos...

Um grande abraço e espero que este "cansaço" passe depressa...

Sarokas disse...

força minha linda! ;)

Annie disse...

Olá miga!Li o teu desabafo... e acho que preciso de te dizer isto. Ás vezes dar a outra face não é gesto de fraquesa, as vezes requer mesmo muito mais coragem e força do que optar pelo caminho facil e dizer que tudo está bem quando não está. Acredita que passado este periodo menos bom vais sentir-te muito bem contigo mesma porque não escondestes o que és e fostes verdadeira contigo. Isso é que é importante. O ser honesto connosco mesmo. E o resto, miga... mete para tras das costas e (uma expressão bem caricata) CARGA NISSO! Não te conheço mas estou contigo. Beijinhos Annie

Paula disse...

Há alturas difíceis na nossa vida!A pressão que sentimos para poder estar sempre bem e corresponder a tudo o que esperam de nós vai-nos desgastando, por vezes.
Mas é tão bom viver! Poder sentir o sol,termos saúde, uma família. Há que tentar procurar o lado bom de cada dia! Força e um abraço.

Lúcia disse...

Bolas! Isso não está fácil...
Muitas vezes também me sinto assim, mas temos que arrebitar. Ás vezes é preciso estarmos sozinhas e pôr a cabeça no lugar.

Beijinho e muita força.

Anónimo disse...

Ola,
Desculpa intrometer-me... mas de alguem que esta a passar por uma situacao nada facil:
Pelo teu post nao se percebe se estas infeliz ou deprimida. Infelicidade e' uma reaccao normal a elementos da nossa vida que nao correm bem, e nao ha cura. A mudanca para lmelhro depende das tuas accoes.
Mas a depressao e' uma resposta patologica e que pode ser ajudade com o recurso a medicacao. Muitas vezes trata-se de um desequilibrio de determinadas substancias no cerebro (serotonina, dopamina, etc) e o uso de determinados medicamentos ajuda a reestabelecer esse equilibrio.
Fala com o teu medico...
As melhoras e que tudo se resolva com o desfecho que desejas.
Cptos
Maria

Piteca disse...

Amiga...acho que todos nós passamos por isso de vez em quando! São fases da vida em que vamos abaixo de tal forma que parece que nada nem ninguém nos consegue levantar! Mas tens de ser mais forte que isso e não deixar que todos os aspectos negativos da tua vida te derrubem dessa forma. Por poucos que sejam tem de haver aspectos positivos também e é nesses que tens de te tentar focar! Isto é o que o meu homem me diz sempre que entro nessa depressão! Ele obriga-me a apontar todos os aspectos positivos existentes na nossa vida para que eu me anime e o mais engraçado é que dá resultado! Tenta fazer o mesmo porque andar assim não te leva a lado nenhum, nem te resolve os problemas que tens, essa é a verdade! Força amiga e se precisares de alguma coisa estás à vontade, estarei cá para te ouvir!
Beijinhos doces.

B. V. disse...

Credo miga até me veio as lagrimas aos olhos.
Acredita que sei bem como sentes, e te digo uma coisa não finjas ser quem não és , tu és tu e mais ninguem e tens de ter orgulho em ser assim, gosta de quem realmente gosta de ti e deixa o resto para o lado.
Como eu costumo dizer eu sou feliz pela maneira que sou e quem não gosta que vá á mer.........
Miga não guardes magoa nem rancor que vai te consumir por dentro dai a sentires-te assim , bota tudo ca para fora....
Se quizeres estou aqui para te ouvir e acredita que não te vou dar facadas nas costas e vou estar muito atenta a tudo e no que poder , quero te fazer rir :)
beijokas grandes no coração.

Cristina disse...

Ai, não pode ser esse desânimo todo!! Não gostei!! Essas pessoas que te fazem sofrer assim não te merecem nem merecem esse sofrimento. Ânimo, respira fundo e cabeça para cima.
Fico à espera de notícias.
Bjos.

Luísa Alexandra disse...

Coragem.
Tens que pensar em ti e não nos outros.

Se quiseres conversar um bocadinho manda mail.

Beijinho.

paula MARIANA disse...

Tens um selo da amizade no meu blog para ti, não espero com isto animar-te mas dar-te com este selo o meu carinho, beijokas.

Gina acasadagigis disse...

Querida Carla,

Tens um selo no meu blogue para te animares , espero que gostes é de coração.
Bjs e boa semana!

Susana Arnaud disse...

Querida Amiga Carla:

Quero e estou solidária contigo. às vezes também acho que algumas das pessoas com quem me dou não merecem o meu tempo e o meu carinho... É isso mesmo: todos já passaram por situações mais ou menos sensíveis que nos dão essa sensação, não é?

Passei (ou ainda estou a passar!?) por uma fase assim... perdi o meu bebé da pior forma que eu poderia imaginar e nessa situação, que felizmente a maioria não passa, as pessoas revelam-se!!!

Passei de tudo e para todos os gostos, completamente destroçada... desde família a amigos...

Amiga, cabeça para cima e coragem, pois a nossa dedicação tem de ser melhor direccionada e pensando com a cabeça e não com o coração vais ver que os que te amam e que amas verdadeiramente estão lá e esses sim merecem-nos sempre!

Beijo e até breve.

Carla disse...

Carla,
Era tão bom se pudessemos criar os nossos dias á nossa medida, rodearmo-nos dos nossos amigos e familia, de pessoas simpáticas e carinhosas e que a nossa vida fosse, assim, uma leve brisa morna de felicidade. Mas não é assim...não escolhemos tudo o que temos, mas escolhemos o que fazer com o que a vida nos dá e tenho para mim que é a nossa obrigação fazer o melhor possível. Não pelos outros, mas por nós. Temos um dever para connosco: ser felizes! E para isso o primeiro pasos é sermos honestas connosco, não nos trairmos. Há concerteza uma forma de fechar a porta a algumas epssoas que te magoam, quanto mais não seja demonstrando que nada do que façam ou digam te deita abaixo. Não deixes que te afectem e agarra-te a quem te ama e a acarinha, não expludas sobre eles porque são a tua ãmcora e se sozinha e com eles não conseguires ultrapassar estes momentos de infelicidade, pensa em falar com um médico. Não te isoles, marcha sem medo em busca da felicidade que mereces.
Beijinhos grandes.

Papinha Doce disse...

Quantas vezes me sinto também assim, ou algo parecido. Mas sabes Carla, quando estou assim penso na minha filhota e tu companheira, faz o mesmo, pensa nas tuas lindas filhotas e segue em frente.

Um beijinho com muito carinho.

Maria

Carla disse...

Olá carla,
Desabafar faz muito bem, chorar também, a vida não é fácil, não nos dão livros de instruções para sabermos lidar com todos os obstáculos que nos aparecem, nem sempre temos a mesma disposição para enfrentar tudo, e todos, não´é fácil sermos, cuidarmos de nós e dos outros, nem sempre nos agradecem, e nem sempre nos mimam como nás achamos que devemos ser mimadas e recompensadas pelo trabalho, pelo esforço de termos sempre tudo em ordem e ainda termos um sorriso nos lábios, e ainda termos disposição para brincar, riri e fazer rir, dar um ombro amigo para quem precisar.
Melhores dias virão, tens que ter calma, paciência, e ânimo, tens duas filhas lindas e elas mais que ninguém precisam de ti, olha para elas e busca nelas a força que precisas para seguir em frente.
Eu perdi o meu querido avô nas véspera de natal, estou triste, muito triste , e quando dou por mim estou a chorar com saudades dele, mas vêm os meus filhos e as lágrimas secam e dão lugar a uma norme brincadeira, a um enorme sorriso.
Força amiga, muita força, tu és capaz Linda.
Bjs

Carla disse...

Olá Carlita, passa no meu blog tens lá um selo para ti.
Bjs

Sandra G disse...

Carla, raramente comento o teu blog, mas quando vi este teu post, não pude deixar passar.

A vida dá-nos momentos felizes e outros em que só queremos fugir de tudo.Eu já passei por uma fase assim e não foi facíl.Mas muitas vezes temos de mudar a nossa maneira de estar com algumas pessoas, as pessoas que só te apunhalam pelas costas, essas não merecem o teu respeito, a tua preocupação.Merecem sim o teu desprezo.
Pensa mais em ti, no teu bem estar, na tua felicidade.Se as pessoas não gostam de ti assim, paciência, tu gostas e de certeza que há quem goste.
Cuidado com uma coisa, como te sentes, isso pode estar a começar uma depressão,fala com o teu médico.
Eu sei como te sentes, já passei por uma situação idêntica, se quiseres conversar manda-me um mail, acho que te posso ajudar.

Bjs